Semana Europeia da Saúde Pública 2022

A Semana Europeia da Saúde Pública ocorre de 16 a 20 de maio de 2022. Cada um dos dias irá incidir sobre um tema diferente. Os temas de cada dia são:

  • 16 de maio: Jovens saudáveis e com literacia em saúde

  • 17 de maio: Vacinação como estratégia de prevenção chave

  • 18 de maio: Alterações climáticas - influência na saúde

  • 19 de maio: Não há saúde sem saúde mental

  • 20 de maio: Construir sistemas de saúde resilientes

Em cada um dos dias os médicos de saúde pública são convidados a participar enquanto organizadores de eventos ou enquanto participantes nos eventos:

  • Organizador de eventos: os eventos podem ser organizados por instituições de saúde, médicos de saúde pública ou cidadãos individuais com interesse sobre cada um dos temas. Incluem os formatos de webinar, seminários, painéis de discussão campanhas nas redes sociais ou outros. Podem ser para um público mais local ou para disseminação global. Interessados em ser anfitriões destes eventos devem enviar e-mail para: euphacommunications@eupha.org.

  • Participantes nos eventos: No site da EUPHA estarão brevemente disponíveis quais os eventos que ocorrerão em cada um dos dias. A participação na discussão dos temas aumenta o interesse de cada sessão.


Relativamente aos temas que serão discutidos:


Jovens saudáveis e com literacia em saúde:

Este tema enaltece o papel dos jovens enquanto decisores do amanhã, realçando a educação, nomeadamente a educação para a saúde enquanto fator protetor. Devem ser oferecidas oportunidades aos jovens para se envolverem na formulação de políticas a todos os níveis havendo necessidade de estabelecer um ambiente propício e programas relevantes baseados em evidências.


O Ano Europeu da Juventude (2022) é uma oportunidade para lançar projetos, ações conjuntas e atividades que estão a ser desenvolvidas por cidadãos, investigadores e decisores políticos, a fim de alcançar o objetivo de ter uma juventude saudável e alfabetizada em saúde em toda a região Europeia.


Vacinação como estratégia de prevenção chave

A pandemia COVID-19 deixou claro que há uma grande diferença na equidade de vacinação em todo o mundo e na região europeia. A confiança nos decisores políticos, a literacia em saúde e a confiança nos profissionais de saúde afetam a adesão à vacinação. O que pode ser feito para melhorar seu sucesso?


Alterações climáticas: influência na saúde

As alterações climáticas estão a afetar a saúde das populações, com perturbações diferentes em cada grupo. É urgente agir a nível europeu, nacional, local e mesmo individual para evitar disparidades, e antever e travar o possível aumento, por exemplo, de doenças infeciosas e crónicas.


A OMS refere que é preciso fortalecer a posição da saúde sobre a necessidade de uma ação urgente sobre as alterações climáticas e defender uma recuperação saudável, sustentável e justa do COVID-19, tanto no setor da saúde quanto além. É necessário reconhecer a crise climática como uma crise que exige esforços transformadores coordenados urgentes.


Não há saúde sem saúde mental

A saúde mental é tão importante quanto a saúde física. A saúde mental inclui bem-estar psicológico, social e emocional e pode ser influenciada por uma variedade de coisas, desde adversidades ao longo da vida, estresse no trabalho, luto e muito mais. É necessário estar atento às condições mentais e não menosprezar o seu efeito quer na saúde individual quer no peso sobre os serviços de saúde. Como podemos melhorar nossa saúde mental a longo prazo?


Construir sistemas de saúde resilientes

A saúde é uma prioridade dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável para 2030. Um sistema de saúde resiliente deve ser capaz de se adaptar eficazmente a ambientes em mutação e enfrentar desafios consideráveis com recursos limitados. Os profissionais de saúde são um dos principais pilares da construção de sistemas de saúde resilientes. Dados, promoção da saúde, valorização dos profissionais de saúde e atenção às comunidades locais desempenham um papel importante na construção de sistemas de saúde mais fortes e resilientes. Como podemos melhorar os sistemas de saúde na Região Europeia?


Os subtemas propostos para cada um dos temas discutidos podem encontrar-se nas podem ser acedidos a partir de: https://eupha.org/EUPHW_Search_for_an_event.


Resumido por:



Inês Morais Vilaça

Médica Interna de Saúde Publica no ACES Grande Porto VII - Gaia