A Saúde Pública pode ser definida como “a arte e a ciência de prevenir doença, prolongar a vida, promover a saúde e a eficiência física e mental mediante o esforço organizado da Comunidade”.

A Especialidade Médica de Saúde Pública é a resposta médica a este desiderato, sendo um Médico Especialista em Saúde Pública (MSP) um profissional de saúde que atua na Defesa e Promoção da Saúde da população que serve, com o objetivo de obter ganhos em saúde nessa população.

Para tal, um MSP desenvolve, na sua atividade profissional, as Operações Essenciais de Saúde Pública, conforme definido pela Organização Mundial de Saúde, nomeadamente:

  • Vigilância da Saúde e Bem-Estar da População: Área de intervenção centrada na recolha e análise de dados em Saúde da população em estudo, de forma a poder caracterizar a mesma, quer a nível da Saúde, Educação,Demográfico, Social, Profissional, etc, elaborando um Diagnóstico de Situação em Saúde;

  • Planeamento em Saúde: Área de intervenção centrada na definição dos planos de atuação que respondam ao Diagnóstico de Situação em Saúde elaborado, trabalhando de forma colaborativa com os parceiros internos e externos dos Serviços de Saúde ou da Organização a que pertence, envolvendo todos na definição e implementação da(s) estratégia(s) de atuação a implementar;

  • Riscos e Emergências em Saúde Pública: Área de intervenção centrada na vigilância e monitorização de fenómenos e acontecimentos que possam interferir ou fazer prejudicar a saúde da população, nomeadamente riscos biológicos, químicos e radiológicos, entre outros;

  • Prevenção da Doença: Área de intervenção centrada na eliminação da exposição populacional a agentes nocivos à sua saúde, na promoção da proteção individual e comunitária a determinadas doenças (nomeadamente através da promoção da vacinação e aumento da sua cobertura populacional), na redução de comportamentos de risco e na implementação de programas de rastreio e diagnóstico precoce;

  • Promoção da Saúde: Área de intervenção centrada na capacitação da população, de modo a atingirem o seu potencial pleno de saúde, com especial foco na intervenção em comunidades de risco, e na promoção de políticas e intervenções intersectoriais organizadas de modo a aumentar o nível de saúde da população da saúde individual e comunitária e diminuição das desigualdades em saúde;

  • Proteção da Saúde: Área de intervenção centrada na identificação e promoção de fatores protetores da saúde, sejam ambientais, climáticos, ocupacionais, alimentares ou outras, de modo a garantir que os indivíduos de uma população podem atingir o seu potencial de saúde, se assim o desejarem;

  • Comunicação para a Saúde: Área de intervenção centrada na transmissão de conhecimentos e informações à população em geral ou a grupos específicos, com o intuito de promover mudanças de comportamentos promotoras de saúde, ou seja, de aumentar a sua literacia.

  • Investigação em Saúde Pública: Área de intervenção centrada na produção de evidência científica sobre as diversas temáticas da Saúde Pública, com o objetivo de promover a Saúde Pública baseada na Evidência, com promoção da identificação dos determinantes de saúde de um determinado problema, desenho de intervenções para promoção da saúde, avaliação do impacto na saúde de diversos problemas, etc...

 

Um MSP pode desenvolver trabalho em todos os níveis operacionais do SNS, nomeadamente nas Unidades de Saúde Pública, nos Departamentos de Saúde Públicas das Administrações Regionais de Saúde, nos Serviços de Saúde Pública Hospitalares ou similares, na Direção Geral da Saúde, no Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge, no Instituto Português de Oncologia, no Instituto Português do Sangue e Transplantação, no Serviço de Intervenção nos Comportamentos Aditivos e nas Dependências, na Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde, na Administração Central dos Serviços de Saúde, entre outros locais do SNS.

Também pode trabalhar nas Universidades (quer em atividades de investigação, quer de intervenção na comunidade quer em atividades letivas), na Indústria Farmacêutica ou até mesmo em Entidades Privadas que, por exemplo, façam Avaliação de Risco, Intervenções de Promoção da Saúde ou que necessitem de um profissional habilitado em Auditorias clínicas, Investigação, etc…

Todas estas atividades também podem ser desempenhadas no Estrangeiro.

CONTACTOS

Av. Almirante Gago Coutinho, 151

1749-084 Lisboa

geral@anmsp.pt

NEWSLETTER

Receba todas as novidades mais relevantes da ANMSP diretamente no seu email.

Subscreva a nossa newsletter aqui.

REDES SOCIAIS

Acompanhe a actividade da ANMSP no Facebook, Twitter e LinkedIN.

© Copyright 2020 DVB. All Rights Reserved.